terça-feira, 8 de abril de 2008

La Lys. 9 de Abril de 1918


Faz noventa anos que se deu a terrível batalha de La Lys. O Corpo Expedicionário Português estava semi-abandonado pelo governo. Alguns oficiais tinham regressado; os soldados não eram rendidos. Estava-se sob comando inglês. Vivia-se nas trincheiras num clima inóspito, viscoso, nevoento, chuvoso, sobretudo para gente do Sul. Humidade, lamas, paisagens destruídas, tiros por todo o lado, trincheiras infestadas de ratazanas, cheiro a morte constante, epidemias, feridos em agonia, paisagem de nevoeiros e crateras de bombas, sem árvores, gaz mostarda mais pesado que o ar, comunicações impossíveis, ordens autoritárias e indecifráveis, soldados camponeses, operários, pescadores, analfabetos quase todos. Sairam quase directamente das suas terras para os campos da morte anónima.
O exército alemão avançou em massa, avassalador, bombardeando tudo. Proporção de dez para um e melhor armados, segundo relatos. Nas primeiras quatro horas da batalha de 9 de Abril, cerca de 7500 militares portugueses foram mortos ou ficaram prisioneiros.
As imagens são das cadernetas de Francisco Simões, bisavô dos meus filhos. Uma é a da inscrição marítima, pois conduzia barcos de Mértola para Vila Real de S. António numa empresa familiar. A outra é a da caderneta militar. Nesta (as imagens podem ser aumentadas) diz-se explicitamente que foi feito prisioneiro no dia 9 de Abril de 1918. Esteve num campo de prisioneiros alemão até Novembro, segundo a caderneta. Dizia ele que houvia todas as noites os tiros dos fuzilamentos.
Em Mértola pensaram que tinha morrido. Rezaram-se missas por alma. O comando militar não se deu ao trabalho de informar.
Apareceu um dia em 1919 na vila e foi uma festa e um espanto para todos.
Sofreu sempre de problemas pulmonares devido aos gazes.
Em vida nunca teve direito a nenhuma pensão.
Foram estes os heróis. Quando se fala em Europa devemos também pensar em quem a construíu.

3 comentários:

Ralf disse...

Prezado JFBRS
tentei fazer uma tradução para alemão.
Mas não consigo decifrar tudo.
no primeiro documento um palavra : Fai????

No segundo, na caderneta, não percebo bem o assunto de sorteio e o aumento de 0%...
Pf.f. ajude me !
Obrigado !
Ralf

JFBRS disse...

Caro Ralf

No primeiro documento é a expressão "foi vaccinado em 22-5-1920.
No segundo "sorteio" significa que foi escolhido. Penso que na época eram sorteados, isto é, por exemplo em 100 nas mesmas condições escolhiam-se aleatoriamente, 20.
"100% de aumento sobre o tempo de serviço. Significa uma aumento para o dobro do tempo de serviço militar, o que é normal em tempo de guerra. É um "prémio" pelo esforço. Na prática poderia apenas servir para alguns funcionários públicos, visto que quase ninguém tinha reformas.
Tenho estes documentos num livro com o título, O Rio e os Homens, a comunidade ribeirinha de Mértola"
Quando publicar em alemão diga qualquer coisa.
Cumprimentos
João Simas

Ralf disse...

Prezado João,
muito obrigado, já completei o post.
(link via meu nome/homepage)
Agradecia-lhe muito mais documentos sobre a historia Portuguesa !
:)
Ralf